Associação Desportiva Ateneu Mansor/Smel
Rua Saad Abdalla Gattaz, nº 200 - Sala 30 - Distrito Industrial
São José do Rio Preto - SP
Tel: (17) 99149-1280 - judoateneumansor@gmail.com
Coordenação: Léo Eduardo Secches Mansor
Faixa Preta 5º Dan - Professor de Educação Física (CREF 8.667 G/SP)

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Uso de água fria após exercícios

Fadiga e dor muscular são sintomas comuns após a Ice_tratamentoprática de atividades desportivas. A imersão em água fria, ou seja, em temperaturas inferiores a 15°C (crioterapia), é freqüentemente utilizada com o objetivo de aliviar estes sintomas, e reduzir o tempo de recuperação.Uma revisão que incluiu 17 estudos com 366 participantes teve como objetivo principal avaliar esta questão. Os autores da revisão concluíram que as evidências científicas atuais indicam que a imersão em água fria reduz a dor muscular após exercícios físicos.

Quatorze estudos compararam a imersão em água fria após o exercício físico com o tratamento "passivo", ou seja, envolvendo apenas o repouso muscular. A temperatura, duração e frequência da imersão em água fria variaram entre os diferentes estudos. Houve alguma evidência de que imersão em água fria reduz a dor muscular em 24, 48, 72 e até 96 horas após o exercício físico, quando comparada ao tratamento "passivo". Em quatro estudos, os seus participantes consideraram que a imersão em água fria melhorou rapidamente a recuperação muscular.
Os autores da revisão concluíram que as evidências científicas demonstram que a imersão em água fria reduz a dor muscular após exercícios físicos.O melhor método de imersão em água fria, bem como a sua segurança, não estão ainda bem definidos.
Fonte: The Cochrane Library.

Nenhum comentário:

Postar um comentário