Associação Desportiva Ateneu Mansor/Smel
Rua Saad Abdalla Gattaz, nº 200 - Sala 30 - Distrito Industrial
São José do Rio Preto - SP
Tel: (17) 99149-1280 - judoateneumansor@gmail.com
Coordenação: Léo Eduardo Secches Mansor
Faixa Preta 5º Dan - Professor de Educação Física (CREF 8.667 G/SP)

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Atualização das Regras de Judô - rumo a Tóquio 2020

A Federação Internacional de Judô (FIJ), com o apoio da Federação de Judô do Azerbaijão , realizou na cidade de Baku, nos dias 06 e 07 de Janeiro de 2017, o 5º SEMINÁRIO TÉCNICO E DE ARBITRAGEM, cujo objetivo foi apresentar, esclarecer, tirar dúvidas e demonstrar na prática as alterações nas regras de competição e de arbitragem que serão observadas neste novo ciclo olímpico que se inicia. 
Participaram deste evento, 365 pessoas entre treinadores e árbitros de 98 países. A cerimônia de abertura foi realizada com a presença do Sr. Marius Viser, presidente da Federação Internacional de Judô, do anfitrião, o Sr. Rovnag Abdullayev, presidente da Federação de Judô do Azerbaijão, que receberam ainda as seguintes autoridades: Os diretores de arbitragem, Sr. Juan Carlos Barcos e os diretores esportivos, o Sr. Vladimir Barta e o Sr. Daniel Florin Lascau, o diretor de educação, o Sr. Mohamed Meridja e o diretor de desenvolvimento, o Sr. Yasuhiro Yamashita. 
Em sua fala, o presidente Marius Viser procurou evidenciar as razões para as alterações: "Quando falamos de mudanças, elas não impactam apenas os árbitros, treinadores e judocas, mas também a mídia, os projetos de desenvolvimento, as finanças e o desenvolvimento global do judô. As mudanças serão grandes e fazemos isso para tornar o judô mais aberto para o público, assim como ser também um esporte mais aberto ao mundo inteiro.

Veja as principais mudanças:- 


TEMPO DE LUTA: - 
O tempo de luta para homens e mulheres será de 4 minutos. 

AVALIAÇÃO DOS PONTOS: - 
Haverá apenas Ippon e Waza-ari; - 
O Waza-ari não mais se soma; - Dois Waza-ari não mais valerão um Ippon; - 
O valor Waza-ari inclui todas as técnicas que eram consideradas Yuko e Waza-ari no passado.

TEMPO DE OSSAE-KOMI:
10 segundos até 19 será Waza-ari e 20 segundos Ippon. 
O combate não termina com dois Waza-ari, por que não há acumulação de pontuação.
Não mais existirá o awasete.

PONTUAÇÃO TÉCNICA:
No tempo regular só poderá haver vencedor no combate por pontuação ou pontuações técnicas (Waza-ari ou Ippon). A penalidade ou penalidades não decidirão o vencedor, exceto por Hansoku-make.


GOLDEN SCORE:
 No caso de igualdade de pontuações o combate continuará em Golden Score. Qualquer pontuação e/ou penalidades do tempo regular permanecerá no placar. A decisão no Golden Score será feita pela diferença de pontuações ou Shidô.

PENALIDADES: 
Agora teremos três Shidô  ao invés dos quatro que havia anteriormente e o terceiro Shidô se transforma em Hansoku-make.

KUMI-KATA 1:
Para simplificar a arbitragem e o entendimento sobre algumas ações de como segurar no Judogi (que eram punidas no passado) não mais serão penalizados pegada em pistola, pegada em agarre de gato, pegada cruzada, pegada do mesmo lado e pegada na faixa, essas pegadas não convencionais serão permitidas enquanto Tori estiver preparando um ataque (Judô positivo).

KUMI-KATA 2: - 
Posições negativas serão penalizadas com Shidô, por que elas são contra o espírito do Judô, tais como não procurar um ataque, atitude defensiva, entre outras (Judô negativo). - Reconhecendo a dificuldade em preparar uma ação de projeção, o tempo entre o Kumi-kata e preparar um ataque foi estendido para 45 segundos.

PEGADA ABAIXO DA FAIXA:
A pegada na perna ou na calça deve ser penalizado na primeira vez com Shidô e na segunda vez por Hansoku-make.

SEGURANÇA: - 
Se Uke tentar evitar a queda sobre as suas costas por qualquer movimento que seja perigoso para sua cabeça, pescoço ou coluna ele deverá ser penalizado com Hansoku-make (ponte incompleta, artigo 20). - Cair sobre ambos os cotovelos será considerado válido e deverá ser avaliado por Waza-ari. Cair sobre um cotovelo não é validado e não poderá ser usado para avaliação.

PROJEÇÃO E CONTRA ATAQUE: 
No caso de contra ataque o primeiro competidor a cair será considerado projetado. Se houver pontuação ela deverá ser marcada. Qualquer ação após a queda será considerada como ação de Ne-waza e não poderá ser pontuada.

JUDOGUI: 
Para melhor eficiência e ter uma boa pegada é necessário que o wagui esteja bem ajustado com a faixa e com a faixa bem apertada. Para reforçar isto o competidor deverá arrumar seu judogui e sua faixa rapidamente entre o mattê e o hajimê anunciado pelo árbitro.

Fonte ; site da CBJ - CLIQUE AQUI


Nenhum comentário:

Postar um comentário